Categoria:

Sem Tempo – A Essência

Sinopse:

O tempo não existe, existindo e contando. O tempo manifesta-se num eterno estado de
não estar, estando.

É sem tempo – a esSÊncia que busca o fora daqui, sem lugar. É com a naturalidade do nada que se vive o tudo, por tão mais sempre poder alcançar.

São apelos e paisagens. São distantes e miragens. São oásis e lagos. Planaltos e planícies.
Tudo isto que é se deu porque ‘abateu-se em mim o nevoeiro’.
São alucinações e verdades. São desesperos e vaidades. São mutilações e sossegos.
Meditação e desvarios. Tudo isto que é porque ‘somos tudo fazendo parte do todo’.

0.00

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Sem Tempo – A Essência”